Qualcomm anunciou que está trabalhando em conjunto com a NetEase Games, uma desenvolvedora de jogos, para implementar a engine da chinesa Messiah. A ideia é que a plataforma possa atuar em conjunto com o recém-anunciado Snapdragon 845 da fabricante norte-americana e trazer conteúdo de ponta para a próxima geração de games imersivos em Mobile e da chamada eXtended Reality (ou simplesmente XR).

“Estamos animados em trabalhar com uma fornecedora líder global em conteúdo de jogos como a NetEase Games”, afirmou Sanjay Mehta, vice-presidente sênior da Qualcomm Technologies e presidente da QCT China, em comunicado oficial no site da empresa. Ainda de acordo com o executivo, ao trabalharem juntas, as empresas querem “utilizar as vantagens de processamento VR/AR e de multimídia de última geração do Snapdragon 845 Mobile Platform, possibilitando que jogadores ao redor do mundo possam desfrutar de experiências de jogos móveis imersivas de alta qualidade”.

A NetEase lançou no ano passado o seu primeiro título de realidade virtual, o Twilight Pioneers, utilizando o SDK Snapdragon VR. A previsão é que novos títulos da NetEase, frutos desse novo trabalho conjunto das empresas, estejam disponíveis na plataforma já em 2018.

“Com a nossa estreita parceria com a Qualcomm, a NetEase pode melhorar nosso conteúdo de jogos móveis existentes e que virão a existir no futuro de forma mais eficaz para plataformas Snapdragon premium, especialmente a Snapdragon 845”, disse Ethan Wang, vice-presidente da NetEase.

Estratégia

A empresa estado-unidense já deixou claro o seu desejo de entregar uma nova experiência para usuários quando anunciou o processador Snapdragon 845. Com suporte para realidade mista, anunciado no dia do lançamento do novo chip, a companhia apresentou planos para ir além dos smartphones (você pode conferir mais detalhes sobre o anúncio aqui).

As inovações que serão entregues com foco em eXtended Reality incluem o novíssimo Adreno 360 – processador gráfico (GPU) da empresa exclusivo para Snapdragon; equipado com Adreno Foveation, um recurso que diminui o consumo de energia, melhora a qualidade visual e o desempenho de aplicações XR.

É possível também que a Qualcomm esteja trabalhando com a Microsoft com o intuito de desenvolver novos recursos para a HoloLens. Com as configurações do Snapdragon 845, a fabricante norte-americana oferece um leque maior de possibilidades que o atual processador dos óculos de realidade virtual, um Intel Atom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here